No dia 18 de Julho de 2020, António Abreu, Director do Notícias Viriato, deslocou-se ao município do Redondo, no distrito de Évora, para entrevistar o Dr. Hugo Gonçalves Silva sobre a sua carreira académica e profissional, os efeitos das radiofrequências na saúde Humana, com destaque no 5G, os conflitos de interesses na Ciência e o papel dos investigadores na sociedade.

O Dr. Hugo Silva é Professor no Departamento de Física da Universidade de Évora, licenciado em Física Teórica e Doutorado em Física da Matéria Condensada e Nanotecnologia na Universidade do Porto. Fez um Pós-Doutoramento em Precursores Sísmicos Electromagnéticos e Geofísica com especialidade em Electricidade Atmosférica, pelo qual recebeu um Prémio de Investigação da Fundação Calouste Gulbenkian. Foi investigador principal em Energia Solar e já publicou mais de 60 artigos com revisão de pares. Foi investigador visitante na Universidade de Bristol onde trabalhou na perturbação nas linhas de alta e média tensão no ambiente circundante. Enveredou posteriormente nos efeitos biológicos das radiofrequências, estando agora a desenvolver projectos de avaliação de risco, divulgação científica e discussão das diretrizes oficiais dos níveis de exposição às radiofrequências.

Currículo Académico e Profissional – https://www.uevora.pt/pessoas?id=34841

“Acho que hoje a ciência não é independente […] a partir do momento em que a ciência começou a assumir um papel preponderante na sociedade […] criou-se no fundo a profissão do cientista, as pessoas começaram a ser pagas para fazer investigação, isso por principio não é uma coisa má [mas] o financiamento tem de ir de acordo com duas coisas, o mérito da pessoa e a proposta, o que tem de prejudicial e me torna tão crítico da ciência actual é que quando se generaliza o financiamento da ciência em que se atribuí imensas bolsas a imensa gente, aumenta-se de tal forma a competitividade da área em que nós de repente temos imensas pessoas empregadas na área da ciência que leva necessariamente a uma competição que em alguns casos se torna muito agressiva. O que é que esta competição trás, a competição trás, por exemplo, falta de independência […] e desonestidade.”

“Como é que pode não haver debate num assunto tão fundamental para a saúde pública como este? […] As autoridades (DGS) não estão a fazer o papel que deviam fazer na protecção das pessoas.”

“Todos os cientistas que dizem não haver efeitos na saúde humana das radiofrequências têm um interesse comercial…”

“É tempo das pessoas questionarem as coisas, questionarem tudo, nada é o que parece.”


Fontes e Links dos Estudos referenciados pelo Dr. Hugo Silva no decorrer da entrevista:

17:55 – “Há mais de 31 mil artigos científicos que mostram os prejuízos das radiofrequências na saúde.” – https://www.emf-portal.org/en

24:30 – “Estes relatórios sistematicamente descartam estudos muito importantes na área das radiofrequências.” Directrizes da “Comissão Internacional para as Radiações Não-ionizantes (ICNIRP)” – https://www.icnirp.org/cms/upload/publications/ICNIRPrfgdl2020.pdf

27:30 – “Os prejuízos para a saúde das radiofrequências abarcam um leque tão grande de efeitos que isso mesmo tem sido usado para descredibilizar o assunto. (…) Esta ideia de descredibilizar uma determinada área científica é mais uma vez um reflexo da inversão dos princípios científicos.” Exemplo de estudo sobre os efeitos na saúde humana: Artigo de revisão do Prof. Martin Pall: “Wi-Fi is an important threat to human health” – https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0013935118300355

28:36 – “Houve dois estudos muito grandes, o do National Toxicology Program nos Estados Unidos, com ratinhos, e depois um Instituto Italiano, o Ramazinni, voltou a repetir os mesmos estudos, e a ideia é expor ratinhos sistematicamente, de uma forma chamada ocupacional, para simular os efeitos nos seres humanos, e esses estudos tinham como objectivo mostrar definitivamente que não havia problema nenhum para a saúde. O que acontece é que os cientistas perceberam que não. Os ratos desenvolveram tumores cerebrais e tumores no coração (…) com as gerações 2G e 3G.” – https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/em.22343https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0013935118300367

30:20 – “Vão-se usar maiores frequências. (…) O sinal é modelado de tal forma que o impacto que tem na biologia é muito maior. (…) Estes pulsos são extremamente prejudiciais para a saúde Humana.” Estudo referente à radiação pulsada e a influência das radiofrequências no sistema de orientação dos pássaros – “Anthropogenic electromagnetic noise disrupts magnetic compass orientation in a migratory bird” – https://www.nature.com/articles/nature13290

31:05 – “A pele tem um papel extremamente importante em todo o funcionamento do corpo humano (…) é uma peça-chave no sistema imunitário e uma peça-chave no sistema nervoso (…) existe a hipótese e está comprovado de haver ressonâncias, certas frequências que são muito absorvidas pela pele, faz com que os próprios efeitos térmicos, que nós já temos falado que são apenas uma pequena fracção, mesmo esses podem ser consideravelmente intensos.” – “The human skin as a sub-THz receiver – Does 5G pose a danger to it or not?” – https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0013935118300331

32:17 – “Está registado que as pessoas que vivem próximo das antenas-base de telecomunicações na geração 3G e 4G têm um aumento nos danos do ADN o que tem implicações, por exemplo, no cancro. Têm uma baixa em antioxidantes, isto depois promove o stresse oxidativo, que a partir daí tem uma série de consequências.” – “Impact of radiofrequency radiation on DNA damage and antioxidants in peripheral blood lymphocytes of humans residing in the vicinity of mobile phone base stations” – https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/15368378.2017.1350584?scroll=top&needAccess=true&journalCode=iebm20

32:51 – “Há um estudo muito interessante feito na Grécia, também com ratinhos, em que eles viram que em 5 gerações de ratinhos deixou-se de reproduzir ratinhos. Porque [as radiofrequências] têm um impacto muito grande na baixa da fertilidade, quer masculina quer feminina.” – “RF radiation‐induced changes in the prenatal development of mice” – https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/%28SICI%291521-186X%281997%2918%3A6%3C455%3A%3AAID-BEM8%3E3.0.CO%3B2-1

36:32 – “Esta resolução define as crianças como um grupo de risco e até recomenda, por exemplo, que não se use o Wi-Fi nas escolas.” Resolução 1815 do Parlamento Europeu de 2011 com o Princípio da Precaução – https://assembly.coe.int/nw/xml/XRef/Xref-XML2HTML-en.asp?fileid=17994 – Tradução para Português – https://www.weebly.com/uploads/1/2/3/3/123313372/resolution_1815__2011__pt-versao_final.pdf

37:30 – “As crianças têm dois aspectos fundamentais neste assunto. Para já, tem um sistema imunológico em desenvolvimento, e está fragilizado (…) como além disso têm um problema grande, é que têm menos protecção física. Os crânios são mais finos, permitem que maior quantidade de radiação electromagnética penetre nos órgãos internos, nomeadamente no cérebro.” https://ehtrust.org/research-on-childrens-vulnerability-to-cell-phone-radio-frequency-radiation/

38:00 – “Existe evidência mais do que suficiente que mostra lesões pré-natais, portanto, mães grávidas, expostas às radiofrequências são mais propensas a terem gerações com (…) mais problemas de saúde” “Wi-Fi (2.4 GHz) affects anti-oxidant capacity, DNA repair genes expression and, apoptosis in pregnant mouse placenta” – http://ijbms.mums.ac.ir/article_15510_4e0419d4b629cd658ad8448ee0e81541.pdf

54:28 – “Associa-se a exposição às radiofrequências em crianças com casos de autismo” Estudo feito em ratos que parece confirmar esta associação: “Autism-relevant social abnormalities in mice exposed perinatally to extremely low frequency electromagnetic fields” – https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0736574814000926

54:34 – “Associa-se a exposição às radiofrequências nos idosos com Alzheimer” – Estudo feito em ratos que parece confirmar esta associação – “1950 MHz Electromagnetic Fields Ameliorate Aβ Pathology in Alzheimer’s Disease Mice” – https://www.eurekaselect.com/131679/article

59:26 – “As linhas de alta tensão estão associadas a casos de leucemia em crianças, é uma associação com significado estatístico absolutamente demonstrável” – “Case-control study of childhood cancer and exposure to 60-Hz magnetic fields” – https://academic.oup.com/aje/article-abstract/128/1/21/80282

1:05:52 – “Essa Resolução de Ministros, a meu ver, materializa aquilo que eu considero uma das maiores traições do governo Português à população Portuguesa. (…) À revelia do povo, sem consentimento do povo, o governo autoriza na prática que se possam testar algumas das componentes do sistema 5G, muitas delas montadas durante o confinamento.” – Resolução do Conselho de Ministros sobre as “Zonas Livres Tecnológicas” de 21 de Abril de 2020 – https://dre.pt/application/conteudo/132133787